A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise – Among Us

Os impostores chegaram ao Switch.

Se você entrou na internet em algum momento de 2020, já deve ter ouvido falar de Among Us. Ou viu os memes. Ou jogou. Ou joga. Se disser que não, será suspeito. Pois bem, o jogo, lançado em 2018, ressurgiu do nada este ano, e chegou na semana passada no Nintendo Switch. Troquei o PC pelo console e trago a experiência.

Among Us 1

Antes, para quem não conhece, um resumo rápido. Among Us é um jogo no qual até 10 pessoas estão numa missão. Essa missão pode ser numa nave, numa base na atmosfera da Terra ou numa base em um novo planeta. De qualquer forma, vários problemas precisam ser resolvidos, desde passar um cartão até reiniciar o reator e regar plantinhas. Mas há de 1 a 3 membros da sua equipe que são alienígenas impostores que querem matar a todos. Mas você não está sozinho. Com o poder da democracia (e manipulação), vocês podem votar cada vez que um corpo é encontrado (ou quando alguém chama uma reunião), e escolher um membro da tripulação para ser ejetado como o impostor. Basicamente, o jogo é isso. Impostores tentam sabotar o lugar, matar pessoas e saírem impunes, tentando incriminar outros em seu lugar. A tripulação tenta cumprir suas tarefas e sobreviver enquanto isso (não que a morte mude algo, já que há trabalho após a morte em Among Us se você quiser que a tripulação ganhe). O jogo acaba a favor da tripulação quando todas as tarefas são cumpridas ou todos os impostores são ejetados. O jogo acaba a favor dos impostores quando há um colapso no sistema que não é resolvido ou quando sobra o mesmo número de tripulantes que impostores.

Among Us 5

Simples, não? E essa simplicidade chamou a atenção de um Youtuber americano, que estimulou mais e mais youtubers, até que o mundo todo parou para olhar para esse jogo simples, prático e arrojado. Gerando discórdia em famílias, grupos de trabalho e causando intrigas entre casais e amigues, Among Us disparou e hoje é um dos jogos mais jogados do mundo. E vamos ver como essa simplicidade se transporta para o Switch?

Vou dizer que muito bem. Na realidade, é melhor que no computador e no celular. Controlar o movimento pelo analógico enquanto pode-se fazer as tasks usando a tela de toque é maravilhoso. Os controles do Switch foram muito bem utilizados. Todos os botões de gatilho têm alguma função, e é bem confortável alternar entre mapa e tarefas, por exemplo.

Among Us 2

Independentemente de quantas pessoas eu joguei, público ou entre amigues, não houve queda de framerate. O jogo roda liso, e é possível de jogar com gente de qualquer plataforma, seja PC, seja celular.

Por mais que o eShop diga que há compras no aplicativo, até o presente momento, ainda não é possível comprar skins nem pets no jogo do Switch. Pelo menos, não no eShop brasileiro. Não sei se pelos eShops estrangeiros, dá para comprar pelo site. Dentro do jogo, não há essa opção. Porém, a gente consegue ver as skins e pets dos outros jogadores.

Among Us 3

O jogo não é perfeito, porém. Há alguns momentos nos quais algumas tarefas se tornam impossíveis de serem feitas no toque, trava por alguma razão, e só dá para fazer pelo joystick. Além disso, os mesmos bugs que aparecem nas outras versões também estão presentes aqui, mas já são parte da experiência de quem joga Among Us. Um bug, aliás, liberou o mapa novo (que sairá em janeiro) antes da hora para quem jogava no Switch, mas os preguiças trabalhadores corrigiram rapidamente, não deixaram chegar no fim de semana.

Digitar no modo portátil é tranquilo, embora abra o teclado do Switch na frente da discussão. Caso estiver jogando no modo dock, a movimentação é toda pelos controles (obviamente), o que torna fazer as tarefas mais difícil. Entretanto, para conversar, é possível utilizar um teclado USB pra digitar, e acelerar teu processo (não tente digitar pelo controle). É possível usar o voice chat do aplicativo do Nintendo Switch, mas só para conversar com quem está jogando no Console, então outras formas de conversa externas (cough Discord cough) são preferíveis.

Among Us 4

Among Us traz para o Switch a experiência do jogo que ganhou o prêmio de Jogo Multiplayer do ano de 2020. Juntando o melhor dos dois mundos, o toque na tela com a movimentação pelo controle, pelo menos no modo portátil, é muito confortável de jogar. Vale demais adquirir, especialmente pelo preço baixo do jogo na loja brasileira.

85%
Port Perfeito

Transportando perfeitamente a experiência do jogo multiplayer do ano para o Nintendo Switch, Among Us é bom, barato, divertido e te permite jogar com gente de todas as outras plataformas.

  • Design
Comentários