A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise: Huntdown

Uma incrível experiência em um universo cyberpunk

Huntdown é um shoot’em up 2D com pequenos toques de plataforma desenvolvido pela Easy Trigger Games e publicado pela Coffee Stain. O jogo se passa em uma realidade distópica com características Cyberpunk, onde após uma guerra, as gangues dominaram as ruas. 

No game assumimos o papel de um dos três caçadores de recompensas, que possuem pequenas variações de gameplay baseadas em suas armas iniciais. Cada um deles inicia com um revólver e uma habilidade primária, porém essas variações não fazem muita diferença durante o jogo, já que estamos sempre usando novas armas que achamos pelo cenário ou que são deixadas pelos inimigos e substituindo a habilidade primária por explosivos. 

Da mesma maneira que os jogos que o inspiraram, Huntdown não possui comandos complicados, o game tem a jogabilidade simples de aprender, porém difícil de dominar. Podemos andar, pular, atirar, usar a habilidade primária, às vezes substituída por um item, usar um dash em combinação com o direcional e o cover, ou cobertura, que adiciona muito à experiência dentro do gênero. Um detalhe, é que o jogo não nos permite atirar para cima ou na diagonal, só podemos atirar para frente e para trás e isso dificulta na hora de enfrentar alguns inimigos aéreos.

Huntdown não é um jogo fácil, mas passa longe de ser frustrante. A grande distribuição de checkpoints aliada à jogabilidade precisa e ao fato do jogo contar com uma ótima curva de aprendizado, deixam a experiência agradável.

Ao todo temos quatro áreas divididas em 5 fases, onde ao final de cada fase enfrentamos um chefão, nos dando um total de 20 alvos a serem eliminados em uma sequência pré-determinada. Apesar de parecer simples pela linearidade, cada área é bem única e possui seus próprios inimigos característicos de acordo com um tema. Esses inimigos não variam apenas na aparência, mas também nas armas que utilizam e na forma como atacam. Além dos inimigos, a ambientação de cada área também é bem marcante e muito bem explorada pelo game.

A direção de arte de Huntdown optou pela utilização do pixel art em 16 Bits e o fez de maneira excepcional, com destaque para os planos de fundo, que em conjunto com a trilha sonora nos transporta para um filme de ação dos anos 80 e 90. Outro fato que contribui para a boa ambientação é a ótima dublagem. O jogo é repleto de falas que parecem ter saído de filmes como Robocop e Blade Runner, inclusive possui referências a filmes da mesma época.

Com uma arte incrível, controles precisos e uma trilha sonora cativante, Huntdown entrega com excelência tudo o que se propõe. As novas mecânicas que foram adicionadas ao gênero, deram um ar de inovação. Apesar da pouca duração e de não poder atirar em mais direções além de para frente e para trás, o jogo mantém uma experiência ótima. Se você gosta de jogos de ação 2D, deveria se entregar a intensa experiência cyberpunk de Huntdown.

90%
Excelente

Huntdown é um shoot’em up 2D que equilibra desafio e diversão, com uma jogabilidade precisa, uma trilha sonora cativante e uma impecável arte em 16 Bits. Apesar da pouca duração, o jogo traz uma incrível experiência e é um título obrigatório para os amantes de jogos de ação em 2D.

  • Design
Comentários