A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise: Outlast 2

1

Outlast 2 foi originalmente lançado em Abril de 2017. Com o sucesso do Nintendo Switch, Outlast e Outlast 2 foram portados ao novo console em Março de 2018. O sucesso survivor horror foi produzido e distribuído pela Red Barrels.Você controla Blake Langermann que é um cinegrafista que está no meio de uma viagem com sua esposa, Lynn. Durante a viagem de helicóptero, ocorre um grave acidente, porém você sobrevive e não encontra o corpo de Lynn, dando a entender que ela possa estar viva. Ainda no início, chegamos a uma pequena cidade no meio de uma floresta, Temple Gate, que tem como líder o vilão do jogo, “Papa” Knoth. Apesar da história ser muito interessante do início ao fim, é provável que você quase não consiga prestar muita atenção. O por quê? Bem, você deve ficar bem ocupado morrendo de medo.

Outlast 2 é um Survivor Horror em primeira pessoa em que o protagonista não consegue atacar ninguém, mal consegue se defender e as maneiras mais eficazes de sobreviver ao game é correr e se esconder, tudo isso já se encontrava no primeiro jogo, incluindo os protagonistas carregarem uma câmera e registrarem todos os momentos importantes. O jogador ainda precisa ficar atento para encontrar documentos e baterias para a câmera, já que o uso da visão noturna na câmera é essencial em praticamente todo o game. Também é possível espiar com os botões ZL e ZR, se esconder em latões, no meio da mata e em lugares escuros. Uma adição interessante a câmera em relação ao primeiro jogo é habilitar a opção para ouvir conversas mais distantes e a direção de onde a conversa vem, porém, utilizar de maneira incorreta pode resultar com baterias acabando muito mais rápido.

Outlast 2 é disparado o jogo mais bonito que joguei no Switch até agora. O game roda na Unreal Engine e o port no console da Nintendo se compara a versões de PS4 e XONE, podendo perder uma textura aqui ou ali, mas nada muito notável. O jogo que já é lindo na sua TV fica ainda mais bonito no modo portátil e sua performance nos frames por segundo é muito estável nas duas formas de jogo. Também é válido ressaltar a ambientação do game, que com gráficos lindos, ficou excelente. O clima obscuro do jogo e o clima tenso em 100% do tempo ajuda a ambientação a ficar ainda melhor.

A trilha sonora é incrível e se encaixa de maneira perfeita ao jogo, sendo lenta enquanto você caminha, porém se um inimigo te ver, a adrenalina pula de 0 para 100 em 3 segundos, podendo te desesperar a ponto de morrer por motivos tolos. Os sons do jogo também são bem realistas e ouvir os inimigos caminhando enquanto você se esconde num matagal não é nada agradável. É extremamente recomendável jogar Outlast 2 com fones de ouvido, porém, jogar na TV no meio da madrugada pode ser tão bom quanto ao uso de fones de ouvido.

Outlast 2 é um jogo praticamente perfeito dentro de sua proposta e para falar a verdade, não vi nenhum ponto negativo no jogo em si. A única coisa que chama a atenção tanto em Outlast e Outlast 2 é a falta de um conteúdo novo exclusivo da plataforma da Nintendo. Um capítulo, mesmo que pequeno, poderia atrair ainda mais pessoas a experimentarem o título.

90%
Incrível

Outlast 2 é survivor horror puro, você não consegue se defender, muito menos atacar. O game conta com características já vistas em Outlast, como o uso essencial de visão noturna na câmera, por exemplo. Também há adições a jogabilidade, como cenários mais abertos e poder ouvir conversas e a direção delas através da câmera, ainda que isso consuma mais baterias. Outlast 2 é ainda, um dos jogos mais bonitos rodando no Switch, que roda na Unreal Engine e port comparáveis a versões de PS4 e XONE. A trilha sonora se encaixa perfeitamente com a Ambientação e chega a te desesperar, ainda mais quando jogado com fones de ouvido ou de madrugada. O único ponto negativo foi a falta de um conteúdo exclusivo no Switch que poderia atrair ainda mais jogadores, considerando que essa versão foi lançada mais tarde. Título obrigatório para quem jogou o primeiro Outlast ou quem simplesmente ama Survivor Horrors.

  • Final

Jogo fornecido gentilmente pela Red Barrels para análise.

Outlast 2 está disponível na Nintendo eShop por 29,99 dólares.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Análise: Outlast 2"

Ser notificado por
Zain Zahir
Amiibo

Falta de conteúdo exclusivo não é ponto negativo. Vocês precisam rever essa questão do que é ou não ponto negativo.