A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise – Overcooked! All You Can Eat

Cozinhar nunca foi tão caótico e divertido

Overcooked! All You Can Eat se trata da versão definitiva do simulador de cozinha desenvolvido pela Ghost Town Games. O título é uma coletânea dos dois títulos lançados: Overcooked! e Overcooked! 2, bem como todo o conteúdo adicional (DLCs) disponível para os dois jogos.

Uma nova cozinha!

Overcooked! foi publicado originalmente em 2016 pela Team 17, rapidamente se tornou um fenômeno devido a sua fácil jogabilidade, fases extremamente criativas voltadas para o co-op. O game ganhou corações ao redor do mundo enquanto destruiu relacionamentos e amizades. Em 2018, como um título já consolidado, temos o lançamento de Overcooked! 2, que aprimora todos os aspectos do primeiro título, trazendo novas mecânicas de gameplay, novas receitas e mapas, todo o game foi feito em um novo motor gráfico, proporcionado além de maior fluidez com mapas mais detalhados, deixando completamente de lado a simplicidade do título anterior.

Os títulos são um simulador de cozinha que pode ser jogado de 1 até 4 jogadores, e trabalhando como um verdadeiro time, você precisa preparar e servir uma variedade de pratos antes que os clientes se irritem. Essa aventura simples se torna um completo caos através dos mapas diferentes e desafiadores existentes nos dois jogos.

Overcooked! All You Can Eat é, portanto, o suprassumo da experiência dos dois títulos, além de mais alguns ajustes em questão de gameplay. O primeiro título, na verdade, é uma remasterização que utiliza o motor gráfico de Overcooked! 2. Evidentemente, o foco principal dessa coletânea foi uma remasterização 4K para a nova geração, entretanto a versão de Nintendo Switch não deixa nada a desejar!

A coletânea está dividida entre os menus de campanha, com Overcooked! e Overcooked! 2, e também com o “Extra Trimmings” que se trata de uma seleção com todas as DLCs disponíveis para o game. Além disso temos o tradicional modo Arcade, para ser jogado em co-op ou versus, misturando conteúdo dos dois jogos.

Overcooked!

O primeiro título é o que mais sofreu modificações e chega de cara nova, é nítido o trabalho duro da Ghost Town Games para aprimorar o jogo original.  Essencialmente, o conteúdo é o mesmo, mas nota-se que o jogo inteiro foi retrabalhado, deixando completamente de lado a simplicidade que encontrávamos no jogo original. Todas as fases foram refeitas, detalhando mais todos os ambientes, certos mapas ficaram até irreconhecíveis. Embora essas mudanças não alterem a gameplay, sem dúvida é uma experiência mais agradável aos olhos. O jogo também teve modelos atualizados e novas texturas, ficando assim mais próximo de Overcooked! 2.

A renovação não ficou restrita apenas a parte gráficas, já que a gameplay também ficou sensivelmente melhor. Notamos algumas mudanças pequenas de movimentação, proporcionando um jogo menos punitivo em caso de erros, e também uma hitbox melhor. Embora as correções sejam mínimas, a experiência geral é melhor.

Apesar de todo o jogo ter sido remasterizado nos moldes atuais, alguns jogadores irão notar a ausência da mecânica de “arremessar”  comida de Overcooked! 2, que mesmo após remasterização, não foi inclusa no primeiro título, e jogando a campanha notamos ser a escolha ideal, visto que os níveis foram feitos em dificuldade visando a necessidade de caminhar pelo mapa.

Overcooked! 2

O segundo jogo, mais recente, já não tem tantas novidades assim, ficando restritas a leves melhorias de desempenho em geral. Tecnicamente falando, para o Nintendo Switch não havia tanta necessidade de remaster por se tratar de um jogo com pouco mais de 2 anos de vida. Ainda sim, temos diversas melhorias em relação ao desempenho do jogo, com telas de carregamento menores e maior fluidez em geral.

Quase um jogo novo!

Como se os jogos originais já não fossem o suficiente, temos as DLCs. Dispostas organizadamente no menu extra-trimmings temos 12 DLCs para o game, e cada uma se trata de uma nova mini campanha extra. Considerando todas, sem dúvidas há tempo de gameplay para se considerar um título a parte. Lembrando que todos os modos de jogo também são válidos aqui, como modo história e assist mode.

As DLCs também sofreram as mesmas melhorias dos títulos originais, onde a mudança mais drástica pode ser notada em “The Lost Morsel” e “The Festive Seasoning” que foram lançadas originalmente para Overcooked! original.

O jogo também conta com alguns níveis adicionais e vale lembrar que temos um Free Update previsto para esse ano com novos conteúdos inéditos!

Extras!

A grande novidade introduzida nessa coletânea é a integração completa do multiplayer online ao jogo. Embora a jogatina online já esteja disponível em Overcooked! 2, ainda contava com algumas limitações. Desta vez, a Ghost Town Games nos proporciona uma experiência online completa, com chat de voz in-game e cross-play entre todas as plataformas.

O online está disponível para absolutamente todo o conteúdo do jogo, ou seja, essa também é a primeira vez que temos overcooked! original para gameplay online. É a chance ideal para conectar a galera! No Switch, bem como nos outros consoles, será necessário a utilização de um fone de ouvido com microfone.

Overcooked! também é acessível

Outra grande inclusão nessa coletânea é a introdução do Assist Mode, também disponível para todo o conteúdo. Esse modo tem o objetivo de tornar a experiência mais inclusiva para qualquer jogador,nesse modo é possível retirar o tempo da expiração das receitas ou até mesmo pular fases. Além disso temos novas opções de acessibilidade incluindo o Controle de UI e fonte para Dislexia.

O jogo contém todos os chefs existentes nos games originais já disponíveis sem qualquer necessidade de liberação in-game, basta escolher direto no menu inicial. Todos os chefs contam com diferentes skins para você escolher seu look preferido. Também temos dois novos chefes para essa coletânea!

A coletânea ideal para o Nintendo Switch

Sendo honesta, apesar das diversas melhorias que citamos aqui, ainda sim, Overcooked! All You Can Eat! se trata apenas de uma coletânea, sem trazer grandes novidades que justifiquem a compra para quem já possui os dois títulos originais. Entretanto, nos outros casos, é uma compra obrigatória!

Os jogos são acessíveis e divertidos em qualquer ocasião, seja para jogar algumas rodadas sozinho durante a noite ou um tempo de descanso, para jogar online com os amigos ou levar por ai e dividir o joycon com alguém. Os controles são simples e de fácil compreensão, até mesmo aquele amigo sem muita intimidade com jogos, vai pegar facilmente o jeito.

O jogo pune pouco a bateria do Switch em modo portátil, assim foi capaz de me proporcionar noites inteiras de gameplay tranquilamente. A implementação dos controles nos joycons individuais é muito boa e intuitiva, bem como o HD Rumble que é bem competente. E a introdução do modo online completo, com crossplay, é definitivamente o que faltava para tornar Overcooked! o co-op perfeito.

Overcooked! All You Can Eat
Veredito
Overcooked! chega a um novo patamar, os desenvolvedores foram capazes de corrigir e adicionar todos os elementos que faltavam nos títulos originais, trazendo uma remasterização digna com uma tonelada de conteúdo. É um jogo divertido para absolutamente qualquer ocasião, e a inclusão do crossplay proporciona ainda mais opções. Uma obra-prima da gastronomia!
Prós
Gráficos Renovados
Gameplay Melhorada
Grandes melhorias de performance
Multiplayer online para todo o conteúdo, com crossplay para todas as plataformas
Melhorias de acessibilidade
Contras
Raros travamentos
9.5
Incrível!
Onde Comprar?
Comentários