A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise Oxenfree

0

Um jogo ou um filme? Existe diferença entre essas plataformas ou a barreira foi quebrada ?

Uma discussão que já vem a muitos anos no mundo dos games é até que ponto a barreira entre jogos e filmes pode ser quebrada. Desde o Sega CD que foi o representante máximo desse estilo de jogo e fez uma relativo sucesso na sua época que se vem discutindo se isso realmente são jogos.

Independente da sua opinião esses jogos estão ai e agradam um determinado publico. Conhecidos muitas vezes como simuladores de caminhada o jogo Oxenfree não se afasta dessa proposta.

Basicamente a unica jogabilidade do jogo é caminhar e escolher opções de resposta através dos botões e as vezes utilizar um radio.

O jogo começa quando amigos decidem se reunir em ilha para fazer uma festa que na pratica é quase uma despedida uma vez que a vida de todos está para mudar. Durante esse inicio logo de cara você recebe um radio que deve ser sintonizado ou não(fica a sua escolha) e é mostrado o unico modo de jogabilidade além de andar e escolher as falas, o radio. O radio é algo essencial no jogo e foi feito de forma curiosa uma vez que utiliza o sensores de vibração dos Joy-Con para você se localizar e saber em qual estação sintonizar.

Além disso o radio tem estações que emitem códigos morse(que você pode decifrar… boa sorte… eu pedi ao meu avô que por sorte foi da área de comunicações da marinha) e uma radio que serve de guia e fala sobre os lugares da ilha.

Diante desse cenário desde o inicio você é convidado a dar respostas sobre as falas e essas respostas influenciam na historia. Eu quero citar nesse momento que o jogo tem mais de um final e variações desse final, ou seja, cada resposta que você dar e cada escolha que você faz lhe aproxima mais de um final diferente.

A jogabilidade toda do jogo já foi citada, mas algo precisa ser dito. O jogo é lento… é literalmente um simulador de caminhada.

Algo fenomenal no jogo é sua arte, basta olhar as imagens nessa análise que vai ficar claro que o jogo é lindo e de um jeito fenomenal faz com que a historia contada seja muito melhor representada.

O jogo tem uma surpreendente trilha sonora e efeitos. É digno de elogios a trilha sonora e ela combina perfeitamente com o jogo. Desde o inicio ela já é muito boa. Aconselho se possível jogar com um bom fone de ouvido no modo portátil ou com um bom volume no modo Dock.

Eu falei que a trilha sonora é incrível e o mesmo pode ser dito da dublagem que acredito ser uma das melhores já feita para um jogo. O trabalho é muito bem feito e a dublagem do jogo faz com que tudo pareça mais crível.

Agora vem o grande ponto, com uma ótima arte, musicas e dublagem o jogo já é algo interessante e a historia é a cereja do bolo. Um jogo tão focado na historia precisa de uma boa narrativa e aqui vai o surpreendente. Oxenfree foi descrito como um jogo de terror e na verdade ele não é. O jogo conta uma historia que tem fantasmas e varias cenas com Poltergeist, mas essencialmente é um jogo de ficção cientifica.

Oxenfree conseguiu criar uma trama extremamente bem elaborada e que pode ser experimentada de forma diferente. Normalmente jogos desse gênero, “simulador de caminhada” morrem uma vez que você os termina pois a historia é foco do jogo. Nesse jogo foi uma grande virada pra mim descobrir que você primordialmente vai ter que terminar mais de uma vez se quiser chegar ao final desejado e que a protagonista se lembra da sua partida anterior.

Não poderia se deixar de falar nessa analise que existe um jogo apos terminar pela primeira vez e esse novo jogo é essencial para entender a historia que está acontecendo.

Durante o jogo você recebe dicas do espelho e essas dicas são de outros jogadores que já jogaram o jogo. Algumas são um meio de chegar ao melhor final e outras lhe afastam dele.

Também precisamos falar dos defeitos do jogo. Algo que não ficou bem feito foi a velocidade da personagem controlada. Ela é muito lenta, mas como em quase todo caminho os personagens estão falando isso é passável, mas quando você entende que precisa pegar todos os colecionáveis e vai procurá-los é uma tortura. Os colecionáveis contam a historia do jogo e se você não pegar todos vai ficar sem saber o que aconteceu. Se você pegar os colecionáveis os fantasmas que antes eram violentos na primeira jogada vão estar dispostos a conversar e contar o que aconteceu.

Outro defeito são as telas de carregamento que as vezes são super rápidas e as vezes passam dos 15 segundos. Ainda que não pareça tanto quando você está jogando, muito por causa da boa musica, não é algo desejável.

Como o gameplay não é o forte do jogo é preciso dizer que Oxenfree cumpre muito bem os outros requezitos e deixa ele como o melhor “simulador de caminhada” que já joguei.

Sei que muitas pessoas não gostam do gênero e por isso deixo claro que se você procura uma ótima historia com boas musicas e personagens carismáticos Oxenfree é pra você. Se você procura uma jogabilidade apurada e não quer saber da historia ou espera uma boa combinação de jogabilidade com historia passe longe de Oxenfree.

Realmente o jogo me surpreendeu de maneira positiva pois eu não esperava muito dele uma vez que custa menos de cinco dólares, mas fui muito feliz e gostei da experiência.

Ainda que eu continue achando que jogos e filmes são duas coisas totalmente diferentes “jogar ou assistir” Oxenfree foi algo prazeroso.

OBS: tem apenas dublagem em inglês e não tem legendas em português(tem em espanhol).

85%
Ótimo

Oxenfree é um bom jogo. Com historia, musicas e dublagem surpreendentes e qualquer pessoa que goste do gênero de "simulador de caminhadas" vai gostar do jogo. Um grande feito do jogo é conseguir um ótimo replay e boa parte dos jogadores devem querer voltar para descobrir os mistérios dessa ilha tão perigosa.

  • Total

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Ser notificado por