A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise: The Lion’s Song

0

The Lion’s Song é um jogo de Aventura Point and Click lançado recentemente para o Switch, onde suas escolhas determinam os acontecimentos do game. Foi desenvolvido e distribuído pela Mi’pu’mi Games.

The Lions’s Song é composto por 4 episódios e duram pouco mais de uma hora cada um. O game é um point and click claramente focado na sua história, exigindo do jogador pensar bem antes de qualquer escolha, já que elas determinam o que acontece no decorrer da história. A história de cada um dos 4 episódios são o ponto mais forte do jogo, com narrativas muito marcantes. Dando destaque ao episódio 1, que pessoalmente, achei o melhor entre os 4.

O visual do título é todo pixelizado remetendo de uma forma moderna à antigos clássicos da era do Super Nintendo, principalmente na tela do Switch, que por ser menor, fica bem mais bonito do que na TV convencional.

A jogabilidade numa TV é point and click usando o analógico para levar o cursor aonde você deseja e pressionamos A para confirmar. Isso já era esperado, mas durante o uso do modo portátil, a jogabilidade se mantém a mesma e aí temos um problema, pois a tela do Switch é Touch Screen, então por que não podemos usa-lá para selecionar o que queremos? Até entendo a ideia de ser um jogo retro, mas o Touch Screen está ali e é algo tão simples e que poderia ser opcional e não obrigatório, ainda mais se lembrarmos que a versão mobile no iOS tem a tal funcionalidade.

É importante dizer que The Lion’s Song não é um jogo que vai agradar a todos, já que seu estilo feito para um público mais específico. Quem gosta de jogos mais “lentos” e com um belo foco na história, provavelmente gostará do título. Se você nunca jogou nada do tipo, pesquise sobre o game antes da compra.

75%
Bom

The Lion’s Song é um ótimo game point and click e que cumpre muito bem seu papel em relação ao seu foco nas histórias dos 4 capítulos. Com um visual um tanto quanto bonito com um estilo pixelizado, principalmente no modo portátil. No modo TV a jogabilidade é o esperado, mas é quase impossível de entender o por que não suporte à Touch Screen do Switch no modo portátil, ainda mais se lembrarmos que a função já existe no iOS. Por fim, The Lion’s Song não é um jogo que agrada todo mundo, mas quem gosta do estilo, provavelmente amará o game.

  • Final
O jogo foi gentilmente concedido pela Mi’pu’mi Games para esta análise.
(The game was kindly granted by Mi’pu’mi Games for this review.)

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Ser notificado por