A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise – The Wardrobe

0

Ameixas são deliciosas… Deliciosamente mortais!!!

—Atrasado, Narrador.


-O Enredo

Vou logo avisando que a historia é bizarra:

Ronald e Skynny são dois bons amigos faz um piquenique igual sempre faziam, quando Ronald ofereceu uma ameixa para Skynny, que morre (?) com ela.

Ronald então foge do local tremendo de medo enquanto Skynny estrebucha e é amaldiçoado a “viver” como uma caveira e passar a eternidade no armário de Ronald.

Nonsense? eu avisei u_u

Mas The Wardrobe é o tipo de jogo que não pode ser levado a sério. A cada interação o jogo the joga uma piada/trocadilho/frase sarcástica e/ou irônica, sem nem lhe dar tempo de se recuperar da anterior.

Isso sem falar na quantidade ABSURDA de referências e easter eggs. —Sério, é praticamente mais de 3 EM CADA novo cenário— tanto nos diálogos quanto nos objetos espalhados pelo jogo.


-A Jogabilidade

Como todo jogo Point-and-Click, o foco principal é interagir com o cenário em busca de items ou pontos chaves que levem a um evento/progressão da historia.

Tocando no cenário da o comando para Skinny seguir para o local. Segurar o botão “X” faz os hotspots se destacarem dando as opções: observar, pegar, interagir e conversar.

Segue meu conselho: use as 4 opções em TODOS os hotspot do jogo. Me agradeça depois.


-O Visual

O jogo transita muito bem para as cenas animações. Quem joga/jogou point and click sabe que geralmente tem uns cortes de imagem quando rola alguma cena que deixa nítido o jogo sendo processado naquele ponto. É um detalhe besta? É. Mas sempre me incomodou nos outros jogos e graças a God não acontece nesse =D.

Cheio de personagens únicos —todos eles desenhados à mão—, o visual como um todo agrada tanto no modo portátil quanto no dock. Dá pra passar horas só caçando as referencias e detalhes de cada cenário.

O jogo foi gentilmente concedido pela Mixed Bag para esta análise.
(The game was kindly granted by Mixed Bag for this review.)
88%
Hilário

Veredito

The Wardrobe consegue ser primoroso dentro de seu próprio estilo. O único "problema" do jogo é a falta de direcionamento pro jogador, que se não pegar as dicas sutis do que deve fazer, pode acabar perdido por algumas horas. O que compensa essa parte é que o jogador recebe uma piada pra cada nova tentativa de seguir em frente, seja numa referência/citação ou num comentário sarcástico por parte de Skinny.

  • Design
  “imagens retiradas da internet”

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Ser notificado por