A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Análise Toki Tori 2+

Quando peguei esse jogo para análise logo estavam comentando sobre o personagem que é um pinto…. Isso ai, um pintinho amarelo, eu já conhecia o primeiro Toki Tori do WiiWare e achava o jogo interessante. Logo de cara como em quase todo jogo comecei a apertar os botões para descobrir o que o pinto fazia e basicamente ele da um pulo bem pequeno e pia. (tenho uma piada ótima sobre isso)

Começando o jogo você se depara com dois caminhos, um aparentemente impossível de passar e outro mais possível. Quando fui me inteirando sobre o jogo e fiquei cada vez mais interessado em resolver os enigmas que são propostos para continuar o jogo eu notei uma coisa curiosa. O jogo tem vários caminhos a seguir e sabe aquela parte do inicio do jogo que eu achava impossível. Dava pra passar desde o inicio do jogo.

Ai nesse ponto mora a grande sacada do jogo. Eu achei que ao longo da partida poderia ganhar mais habilidades e assim chegar a partes que antes pareciam inacessíveis, mas não, as duas habilidades que você tem no inicio do jogo são as únicas até o fim e desde do inicio você pode ir a qualquer parte e depois que ativada a missão principal, fazer as missões em qualquer ordem. Isso foi a parte que mais gostei do jogo. Eu literalmente fui para a parte mais difícil do jogo de primeira e vi vários enigmas complexos. Isso não quer dizer que as outras partes não tinham isso, pois, todas as partes tem enigmas inteligentes que usam dessa mecânica de pular e piar.

As musicas me agradaram bastante e não são enjoativas. A mais legal fica por uma muito parecida com a da serie DonkeyKong…. essa serie mesmo, mas não a musica do jogo. A musica da serie de televisão. Eu achei muito engraçado isso. No geral as musicas são competentes, não chegam a ser excepcionais, mas como disse antes não são enjoativas e cumprem bem o papel em um jogo de enigmas onde você pode passar algum tempo dedicado a resolver algo.

A parte visual do jogo é muito boa e tudo é muito bonito e único, porem, a animação do seu personagem é meio lenta e causa uma sensação que tudo menos você está na velocidade normal. Outra coisa que pode incomodar um pouco é a baixa variedade de inimigos, todavia isso não foi um problema tão grande já que todos os inimigos do jogo participam dos enigmas e colocar mais poderia deixar as coisas confusas demais.

Os enigmas são recheados de surpresas e entender como os inimigos se comportam é essencial. Cada inimigo ou material encontrado pode ser utilizado de forma útil em um enigma. A historia do jogo é apenas um pano de fundo para a jogabilidade. Basicamente você tem que resgatar alguns animais para salvar os pintinhos que estão ameaçados por uma força maligna.

Dependendo de como você joga, o jogo pode durar de 3 a 20 horas. Na minha primeira investidura levei cerca de 4:30 para terminar(mas eu terminei todos os Professor Layton então…) em uma segunda tentativa(agora como speedrun) terminei o jogo com 3 horas. Depois de finalizado você pode sair pelo mundo para juntar os coletáveis e completar a lista de objetivos do jogo que é enorme.

Comentários