A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Artigo – Tudo que você precisa saber sobre Triangle Strategy

Confira as dicas dea equipe para te deixar a par do novo jogo de estratégia da Square.

Triangle Strategy é o mais novo RPG da Square baseado no estilo de jogo do fantástico Final Fantasy Tatics e desenvolvido pelo mesmo time que nos trouxe Octopath Traveller em 2018. O que isso quer dizer? Jogo incrível a vista.

Parte 1 – SRPGs.

A primeira coisa que precisa saber sobre um jogo é: “como ele funciona?”, ou seja, qual é o seu estilo? Pois bem:
Triangle Strategy é um Strategy-RPG que significa que é um jogo que vai misturar RPG com estratégia, e essa é a primeira coisa que precisa saber sobre ele. Você vai usar e muito seu cérebro para avançar no game.

O sistema de gameplay dele é chamado de “tatic”, traduzido, tático. Indo lá no dicionário encontramos a seguinte definição para a palavra tática: arte de dispor e manobrar as tropas no campo de batalha para conseguir o máximo de eficácia durante um combate.”

E é exatamente isso que você faz. Durante as batalhas com a sua tropa, você precisa planejar quando e como mover os personagens, decidir se eles vão atacar, usar alguma melhoria, se curar ou qualquer outra ação. Essa movimentação não é livre, cada personagem pode andar um número especifico de espaços durante seu turno.

Outro elemento dos jogos táticos que é bem presente em Triangle Strategy são os objetivos que podem variar em cada batalha. Geralmente o objetivo é “destrua todas as unidades inimigas”, mas pode haver outros objetivos como levar sua tropa até algum ponto ou proteger algum personagem por exemplo. O cenário afeta bastante também em sua estratégia, já que ele possui relevos, construções, escadarias. Ou seja, seus inimigos usarão de artifícios que farão com que você pense bem nas estratégias usando da mobilidade e habilidade de seus personagens.

O gameplay do combate em si, tem suas mecânicas introduzidas aos poucos, mas a primeira coisa que pode agradar ou desagradar é que seu combate é bem comum. Enquanto em jogos como “Bravely Default”, (também da Square) possui uma mecânica única e dá identidade ao jogo, Triangle Strategy apostou só em fazer um compilado de coisas básicas, mas faltou uma mecânica única. Isso pode desagradar, alguns, mas muita gente pode preferir um combate mais padrão. Isso faz dele excelente pra você que nunca jogou algo do gênero se aventurar. Sem contar que o jogo tem 4 opções de dificuldade, então o jogo é bem democrático.

2- RPG de mão cheia.

Embora acompanhando o combate comum do jogo, as mecânicas de build, level, e outros elementos de RPG também são bons, mas comuns e sem particularidades. Está tudo aqui, o kit completo. São diversas classes, armas e habilidades. Sistema de ranking e upgrade de armas, evolução de classes, ou seja, uma boa evolução de personagens.

Porém, já no sentido RPG de interpretar um papel, tomar decisões e criar um bom background pra cada personagem, Triangle Strategy se mostra um dos RPGs mais sólidos e maduros do mercado, um RPG de mão cheia.

A história é incrivelmente detalhada, com cenas opcionais para te deixar mais imerso nas motivações de cada personagem, mas para trabalhar tão bem na história o jogo possui bastantes diálogos. E nesse ponto que você pode decidir se o jogo é para você pois não possui tradução para português brasileiro. O que pode acabar deixando maçante ter que traduzir os diálogos.

Outro ponto de destaque é que a história traz um lado sério, com discussões palpáveis, personalidades forte tanto para o bem quanto para o mal. E por falar em personalidades ruins, o jogo possui personagens que são facilmente odiáveis que cometem atrocidades dignas de super vilões. O mundo de Triangle Strategy é muito parecido com o nosso, tirando magias e outros elementos obrigatórios num RPG, daria para enganar tranquilamente dizendo que o jogo é uma adaptação de uma guerra real.

Mas e quanto à personalidade do protagonista, o personagem o qual controlamos? Bom, como um ótimo RPG, a personalidade dele é o jogador quem escolhe.

3- Tripla Escolha.

Um dos pontos mais fortes, talvez a grande mecânica do jogo que lhe rendeu tal nome “Triangle” seja suas possibilidades de escolha, isso é algo que o jogador precisa também apreciar num game, pois é através das escolhas que se chega em um dos 4 finais do jogo.

As decisões que você vai tomar são sérias, impactantes e mudam desde “vamos para cidade A ou B?” para “vamos entregar um procurado ou entrar em conflito e arriscar a vida de civis?”.

Caso você seja do tipo “ah, escolhe qualquer coisa”, esse jogo não é pra você, pois você será confrontado com escolhas o tempo todo, e não desenvolverá a sua personalidade no jogo. Uma das coisas que os desenvolvedores pretenderam de modo mais ambicioso.

E que tipo de escolhas estamos falando? Bom, existem 3 grandes linhas de raciocínio filosóficas e personalidade: Liberdade, Moralidade e Utilidade(essa última a Square traduziu na página do jogo como “benefício”). Então quando alguém vier com um dilema, você será o cara do “faço o que quiser”, “faço o que a tradição e moral me diz pra fazer” ou “faço o que trará o bem maior à maioria”? E liderando um povo antigo em meio à conflitos, não é difícil relacionar essas 3 linhas de pensamento com os ideais da revolução francesa, Igualdade, fraternidade e liberdade.
O fato do jogo esconder de você o que cada opção representa entre as 3 linhas de pensamento, mostra que ele acredita ser difícil sempre seguir uma só, impedindo que você simplesmente abrace uma linha, e a siga do início ao fim.

A construção do seu perfil também será útil na hora de outra das mecânicas do jogo que são as votações, onde há um dilema a ser decidido e metade do seu grupo quer uma coisa, e metade quer outra, e o jogador, o protagonista, escolhe um lado para convencer os demais a mudar de opinião. porém, dependendo das escolhas feitas e respostas às indagações, esse convencimento pode não funcionar.

É algo realmente muito interessante e que acrescenta demais à infinidade de RPGs do nosso tempo, mas é algo que quem busca somente combate, ação e linearidade, não vai apreciar.

4- Conclusão

Triangle Strategy é um jogo incrível, mas definitivamente não é para todos. O jogo não se intimida de limitar o seu público, seja trazendo uma carga de enredo forte ou construindo um mundo com personagens e conflitos maduros.

A boa notícia é que se você se sentir atraído pelo jogo com tudo o que dissemos vai encontrar uma obra prima que limita seu público para entregar algo forte no que se propôs.

Infelizmente esse tesouro não será encontrado por quem busca um sistema de combate único com o mesmo nível de atenção dos outros elementos que buscam ser primorosos. O combate é bom já que segue a receita de títulos mais antigos que fizeram grande sucesso.

No fim, o tão criticado nome do jogo se justifica demais pois você está sempre tomando decisões estratégicas que exigem do seu raciocínio seja em batalha, jogo tático, ou escolhendo uma resposta para um conflito complicado usando uma das 3 linhas filosóficas.

E aliar essas duas tarefas que tanto se parecem é um grande mérito de Triangle Strategy.

E aí? Ficou curioso? O jogo tem uma demo que dura algumas horas, então já sabendo o que esperar você pode tirar a prova se os seus receios realmente te impedem de apreciar o jogo. Definitivamente, um dos grandes lançamentos de 2022.

você pode gostar também
Comentários