A casa de notícias para os fãs da Nintendo

#Artigos e Colunas dos Usuários 4 – Controller Reviews 01 #Joy-Cons

0

#Artigos e Colunas dos Usuários – É uma serie que homenageia os usuários do Switch-Brasil com o objetivo de trazer o conteúdo que vocês fazem com tanta dedicação. É importante citar que o Switch-Brasil não está opinando e todo o conteúdo do texto é de exclusiva responsabilidade do escritor.

Por: Aristarkh

Olá pessoal, aqui quem fala é o Aristarkh, participo do site desde 2014 e sou colecionador de controles. Gosto de experimentar todo tipo de jogo, em todo tipo de configuração possível, então pra mim, controllers são a parte mais importante do gameplay, uma vez que “entramos” nos jogos através deles.

Então decidi começar a fazer reviews dos controles que tenho, para as pessoas que ainda não o tem souber do que eles são capazes e já souber o que poderão esperar deles.
Farei também reviews de controles third party, já que eles são, muitas vezes, mais baratos que os controles oficiais, mas muita gente não compra por receio de não prestar.

Minha primeira vítima no novo Switch Brasil serão os Joy-Cons do Nintendo Switch!

3 gerações de gimmicks!

O que são os Joy-Cons?

São controles destacáveis, uma ideia brilhante pra resolver o problema de encontrar uma forma de agradar ao público do Wii e dos gamers tradicionais ao mesmo tempo, pois eles têm giroscópio e podem ser usados como “varinha” que nem os Wii Remotes, e vem com um “grip” para encaixar os controlinhos e assim, parecer um controle tradicional.
Você também pode transformar o Switch em um console portátil encaixando os Joy-Cons diretamente no console.
E isso ainda vai além! Dependendo do jogo, cada metade pode ser usada como um controle próprio, assim você poderá jogar com um amigo sem precisar comprar controles extras!

Vou tentar dividir a análise em “modos” que os controles podem assumir. Vou começar com eles separados, para mostrar melhor o que eles são antes de ficar os encaixando por aí.

Vejam eles de frente

Os Joy-Cons são separados por lados, direita e esquerda, um representado por um  no lado esquerdo e um + no lado direito. Quando ambos estão sendo usados por um só jogador ao mesmo tempo, eles servem como Start e Select (que desde Wii são representados por + e -).
Quando você está usando só uma parte, ele será sempre o Start, mas isso não vai causar problemas de falta de botões, pois, na maioria dos jogos de Nintendo 3DS que joguei, Start e Select fazem exatamente a mesma coisa (testem aí com seus jogos 3DS, vejam quantos deles usam Start e Select para a mesma função) e o PlayStation 4 desapegou do Select para colocar um Share Button no lugar dele em seu Dual Shock 4.
Eu achei bem ruim de usar o -, ele fica muito próximo da alavanca.

O lado esquerdo tem uma alavanca analógica na parte superior, e 4 botões em um layout de cruz e um botão quadradinho com um círculo entalhado nele, esse botão é usado para tirar screenshots ao ser pressionado ou gravar 30 segundos de gameplay se form mantido pressionado por um segundo (apenas em alguns jogos).
Sim, com os Joy-Cons, você pode tirar screenshots na hora! Nada de entrar em menus ou fazer combinações de botões, é só apertar e CLICK! Screenshot tirada!

Aqui uma screenshot aleatória que tirei de curiosidade

A alavanca, novamente está em uma base circular (e já falei em outros reviews como detesto isso) e é clicável como a maioria dos controllers atuais.
Não gostei muito do thumbpad dele, achei que meu dedo desliza fácil, e a alavanca é muito baixinha, isso faz parecer que eu preciso usar mais força para movê-la, pois se eu pressiono de forma relaxada como sempre faço, via os personagens perdendo velocidade com frequência. Mas não é o fim do mundo e deu pra se acostumar, mesmo sendo bem chato no começo.

Em vez de um D-Pad, a Nintendo decidiu fazer botões, uma vez que o plano era cada metade poder ser usada como um controle próprio. São círculos do mesmo tamanho dos botões do lado direito, mas com setinhas entalhadas, como nos botões “C” do N64.
E vou te contar uma coisa, depois de jogar King of Fighters 98:
Não é tão ruim quanto parece.
Esquisito? Sim. Desconfortável? Um tanto. Um problema? é, até você se acostumar, basta treinar que logo ele vai parecer natural (mas não ideal).
Imagino que em vários jogos de plataforma 2D, onde usamos apenas direita e esquerda na maior parte do tempo, esses botões não apresentarão problema algum.
Mas ainda acho que seria melhor se eles fossem em um layout que fizessem eles parecerem um encaixe, como nos controles de PlayStation, mas com cada direção sendo um botão separado e repetir esse layout no “ABXY” do lado direito, acho que ficaria melhor e mais fácil de acostumar.

Tipo assim, mas sendo botões próprios, em vez de uma peça única por baixo

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Ser notificado por