A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Bloodstained: Ritual of the Night recebe atualização para a versão 1.20 – ‘Modo Clássico’ e ‘Kingdom Crossover’ são disponibilizados

A desenvolvedora ArtPlay disponibilizou hoje uma nova atualização para Bloodstained: Ritual of the Night.

No Nintendo Switch, o jogo agora exibe a versão 1.20, em que o destaque fica para a disponibilização do “Modo Clássico” e o “Kingdom Crossover”, que traz um conteúdo inédito com base em Kingdom Two Crowns.

Detalhes:

informações técnicas

  Data: 14 de Janeiro, 2021

  Regiões: Todas

  Versão: 1.20

  Tamanho: ??

  Observações: N/A

Notas do Patch

Modo Clássico

Anunciado durante a campanha de Bloodstained: Ritual of the Night no Kickstarter, o Modo Clássico envia Miriam a um mundo estético de 8 bits armado apenas com um chicote de espada. Miriam deve mais uma vez entrar no castelo demoníaco para enfrentar Gebel e sobreviver a cinco fases angustiantes e cinco sub-chefes que estão em seu caminho. Ao terminar o Modo Clássico, os jogadores são avaliados em tempo, pontuação e número de mortes em três modos de dificuldade – certifique-se de usar com eficiência os movimentos especiais de Miriam, incluindo slide, backstep e backflip. Os usuários podem ativar o Modo Clássico na opção Modos extras na tela do menu principal.

Crossover com Kingdom

As editoras Raw Fury e 505 Games fizeram uma parceria no ano passado transportando os personagens amados de Bloodstained: Ritual of the Night – Miriam, Zangetsu, Gebel e Alfred – para Kingdom Two Crowns. Ambos os editores estão se unindo novamente, mas desta vez, trazendo o mundo de Kingdom Two Crowns para Bloodstained: Ritual of the Night. O conteúdo apropriadamente chamado de “Kingdom Crossover” inclui uma nova área que captura a estética bonita e moderna de pixel art de Kingdom Two Crowns. Os jogadores encontrarão um novo chefe, o Archer Familiar Shard e podem encontrar uma nova peça de equipamento: a Crown Head Gear, que reduz os danos ao custo do ouro.

Assista ao novo trailer que destaca o “Modo Clássico” abaixo.

Comentários