A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Cuphead ganha detalhes sobre desempenho, produção e confirmação de mídia física; Confira vídeos de gameplay e comparativo com Xbox One

4

Responsável pelo desenvolvimento de Cuphead, o StudioMDHR compartilhou recentemente mais detalhes sobre a versão para o Nintendo Switch no fórum ResetERA em uma espécie de “perguntas e respostas” com os membros.

Um dos destaque fica para a confirmação de que o jogo contará com mídia física no futuro. A companhia comunicou que pretende disponibilizar o jogo no novo formato algum tempo depois que a DLC for lançada para que a mídia física contenha o jogo completo com tudo incluído. Uma data ou janela de lançamento porém, não foi confirmada.

Quanto ao desempenho, Cuphead rodará no Nintendo Switch à 60 quadros por segundo com resoluções em 720p no modo portátil e 1080p quando acoplado ao dock (modo TV). O StudioMDHR foi o responsável pelo port e assegura que o título está idêntico ao desempenho encontrado na versão para o Xbox One, sendo necessário um trabalho na criação de mais 50 mil quadros para que esse objetivo fosse alcançado pela equipe.

Também foi confirmado que o título terá suporte à dois jogadores em uma única tela do console no modo portátil com Joy-Con individuais ou no esquema do Pro Controller + Joy-Con.

Cuphead será lançado para o Nintendo Switch através da Nintendo eShop em 18 de abril.

Abaixo você confere o gameplay do jogo no Nintendo Switch e um comparativo com a versão do Xbox One.

Cuphead — Gameplay (IGN)

 

Cuphead — Comparação vs. Xbox One (GameXPlain)

Fonte ResetERA

4
Deixe um comentário

2 Tópicos
2 Respostas aos tópicos
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Tópico quente
4 Autores de comentários
elrafahJosé MahonWill GarciaThistom Autores de comentários recentes
  Se inscrever  
Ser notificado por
Will Garcia
Amiibo
Will Garcia

Esse jogo realmente é uma obra de arte linda, mas não vi muita diferença dessa versão para a versão de xbox.

José Mahon
Redator

Jogos não são arte.

elrafah
Amiibo
elrafah

Sem querer entrar em uma discussão improdutiva, mas gostaria de saber (se possível) a razão de uma afirmação tão taxativa assim, uma vez que a dita “arte” pode se manifestar de várias formas… E eu acredito que os jogos fazem parte destas formas.

Então, não desmerecendo sua opinião, discordo dela…

Thistom
Amiibo

Interessante!