A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Jogos antigos que merecem voltar no Switch

5

É difícil classificar um jogo como “antigo” apenas por conta da sua data de lançamento. Muitos deles trouxeram características que influenciaram inúmeros outros que chegaram posteriormente.

O fato é que vários jogos lançados para SNES, Nintendo 64, Game Cube e etc. poderiam voltar a aparecer, dessa vez, no Switch. São games que, infelizmente, não ganharam sequências, mas que pode combinar perfeitamente com o novo console da Nintendo.

A lista apresentada abaixo pode, eventualmente, gerar sérias discordâncias. Porém, isso não exclui o fato de que todos estes são ótimos títulos e mereciam mais uma chance. Os jogos exibidos a seguir fazem parte da biblioteca existente para SNES, Nintendo 64 e Game Boy. Vamos começar…

  • DIDDY KONG RACING

Diddy Kong Racing chegou no final da década de 90 para Nintendo 64. O game, infelizmente, nunca recebeu nenhuma sequência. Uma edição foi lançada para Nintendo DS alguns anos depois, mas já sem alguns personagens do título original.

O jogo trazia corridas na terra, na água e no ar, além de um modo história e desafios de coletar moedas em todas os cenários.

Por conta de algumas questões envolvendo direito de marcas e nomes, dificilmente, teremos, algum dia, uma nova versão do game que mantivesse o seu enredo original. Porém, não deixa de ser um título que cairia bem na biblioteca do Switch, podendo significar muitas horas de diversão, principalmente, no seu modo multiplayer.

Além disso, poderíamos destacar que uma nova edição significaria grandes avanços na qualidade gráfica do game da época, além de possíveis implementos, como um sistema online similar ao de Mario Kart, e rankings de competidores.

  • KIRBY’S DREAM COURSE

Ao longo de toda a sua história, o nosso querido Kirby sempre esteve presente de muitas formas nas suas aventuras. Uma delas estava relacionada a um jogo lançado para SNES, intitulado Kirby’s Dream Course.

O game contava com um modo história onde Kirby passava por inúmeros mapas tematizados, no qual precisava destruir os seus inimigos e alcançar o alvo final no menor número de jogadas possíveis, seguindo uma proposta parecida a de uma partida de golfe.

Apesar de não envolver grandes mecânicas na sua jogabilidade, Kirby’s Dream Course era bastante divertido e contava com um modo multiplayer local. No caso de uma nova edição para o Switch, este modo poderia ser aumentado para um número maior de jogadores, além de possíveis disputas online.

Trazer este título de volta ao mercado também poderia ajudar na variedade de jogos envolvendo os personagens da Nintendo, assim como aconteceu com Mario + Rabbids Kingdom Battle.

  • PILOTWINGS

Dessa lista, Pilotwings, para mim, é o game que mais se encaixaria na proposta do Switch.
Lançado em 1991 para Super Nintendo, Pilotwings ganhou, posteriormente, uma edição ainda mais incrementada para Nintendo 64.

O game consistia em enfrentar desafios relacionados a acrobacias aéreas, no qual o jogador contava com aviões, paraquedas, asas-delta e uma espécie de foguete. Em algumas fases secretas, um helicóptero também era utilizado.

Por que esse game se encaixaria perfeitamente no Switch? Por conta dos sensores de movimento dos joy-cons.

Imagine só realizar todas as manobras podendo utilizar tais sensores, simulando a posição dos joy-cons de forma semelhante ao do personagem na tela.

  • POKÉMON SNAP

Mesmo com algumas críticas ocorridas na época do seu lançamento, Pokémon Snap foi considerado pela mídia como um jogo “bom e inovador”.

Caso você não lembre ou não tenha jogado, o game fazia o jogador assumir o papel de um fotógrafo de Pokémons, com o objetivo de, basicamente, tirar fotos dos 61 tipos de monstrinhos existentes, atravessando diferentes cenários.

O que poderia tornar esse jogo atraente no Switch é justamente a sua ideia central, podendo transformar a tela principal do console, juntamente com os joy-cons, em uma inovadora máquina fotográfica.

Ao longo da sua história no mundo dos consoles, a franquia Pokémon contou com títulos dos mais variados gêneros, envolvendo jogo de cartas, pinball, aventuras em 2D, 3D e batalhas. Não faltariam, na verdade, opções de lançamentos/remakes da série.

  • POKÉMON TRADING CARD GAME

Mais um jogo de Pokémons? Sim!

Pokémon TCG nunca saiu dos domínios do Game Boy Color. O sistema online existente na época também não ajudava. O Switch, então, poderia assumir a responsabilidade de trazer de volta o famoso jogo de cartas.

O fato dos joy-cons poderem ser destacados e divididos entre dois jogadores já garantiria partidas no modo multiplayer local. Entretanto, partidas em salas virtuais seriam, com certeza, o principal atrativo.

Um ponto positivo do game é a mecânica fácil do jogo. Por mais que você nunca tenha jogado TCG, um breve tutorial de alguns minutos seria o suficiente para qualquer iniciante.

A proposta de trazer jogos de tabuleiros/cartas para o console não é novidade. Recentemente, a plataforma recebeu, por exemplo, o lançamento de Monopoly.

  • SNOWBOARD KIDS

Apesar da biblioteca do Switch já contar com inúmeros jogos de corrida, vários outros de alta qualidade continuam fora da lista. Um deles é Snowboard Kids.

Lançado para Nintendo 64, o game chegou a ganhar uma sequência para o mesmo console. Depois disso, nunca mais se falou sobre. Snowboard Kids trouxe uma mecânica muito similar a de outros jogos do gênero corrida/party, como Mario KartDiddy Kong Racing.

A principal diferença entre esses é o fato de Snowboard Kids, como o próprio nome diz, se passar em cenários repletos de neve e gelo. Durante as disputas, é possível realizar inúmeras manobras, ao mesmo tempo que você coleta itens para tentar atingir os seus adversários.

Assim como Diddy Kong Racing, uma nova edição do game poderia incluir disputas online e sistema de ranking de classificação.

Bom, é realmente muito difícil você definir quais jogos você gostaria de ver no seu console preferido. Eu procurei buscar não apenas os que me agradam, mas os que poderiam agradar a grande maioria, além de pensar nas funcionalidades existentes no Switch, como tela touchscreen, sistema híbrido e sensores de movimento.

Outra coisa é o fato do console também possuir sistema para partidas online, algo praticamente inexistente na época dos títulos citados acima, o que, por si só, já seria suficiente para mudar muita coisa em todos eles.

Obviamente, muitos jogos títulos ficaram de fora da lista e poderiam dar origem a outras dezenas de postagens semelhantes, seja pela qualidade que apresentam, seja pelo fato de se encaixarem na proposta do Switch.

O Switch Brasil já elaborou outras listas sobre os mais variados temas. Caso tenha perdido alguma, você pode conferir todas elas através dos links abaixo:

Deixe um comentário

5 Comentários em "Jogos antigos que merecem voltar no Switch"

Ser notificado por
José Mahon
Redator

Adiciona a série Excite aí! Se bem que eles receberam jogos no Wii, né? Então F-Zero seria considerada mais “velha” kkkk

Valle
Amiibo

Bem, eles estão contando Pilotwings, que apareceu no 3DS…

wiiner
Amiibo

Surpreso em ver uma lista de desejos de jogos que as pessoas querem ver e não ter Mother(EarthBound). haha

As sequências que eu mais gostaria de ver no Switch são, Pocky & Rocky, Sunset Raiders, Contra, Advance Wars, Battalion Wars, Golden Sun.
zomg zomg zomg

masterseiya
Amiibo

Todos esses jogos da lista! omg
Poderiam fazer uma lista dessa pra cada console da Nintendo, já que desta vez foi a do N64, poderiam fazer do NES até o Wii!

cvertigem
Amiibo

Estava pensando em jogos não tão antigos, tipo fazer remaster dos dois Mario Galaxy e do Metroid Prime Trilogy (já que tá vindo o quarto jogo).

Diddy Kong Racing tem um port para o DS que ficou bem legal, pretendo comprar pra jogar no 3DS no futuro, assim como o port do Mario 64.