A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Mês da mulher #2: As três ícones da Nintendo

1

O mês de março marca o dia internacional da mulher no dia 8. Para celebrar, o Switch Brasil traz colunas especiais em homenagem à personagens femininas marcantes das franquias Nintendo. Sejam elas protagonistas de seus games, ou coadjuvantes com traços inesquecíveis para os fãs.

Na primeira coluna, falamos sobre treinadoras marcantes dos games Pokémon. Neste segundo texto, no dia internacional da Mulher, falaremos brevemente sobre as três principais figuras femininas da Nintendo. Não há muito suspense para sabermos quais são, pois objetivamente levando em consideração toda a história e popularidade dos jogos, impossível fugir de: Peach, Zelda e Samus.

O objetivo do texto é celebrar o avanço de como as personagens femininas são retratadas nos games como um todo e a Nintendo não ficou de fora. Confira abaixo (alguns spoilers daqui pra frente):

3. Peach de Mario Odyssey

A Princesa do reino dos cogumelos é icônica e sempre será, no entanto há de se convir que sua representação nos games do Mario quase sempre foi ‘figurativa’ por assim dizer, estando ali apenas para ser raptada por Bowser e futuramente salva pelo encanador.

Em Super Mario Odyssey, mesmo que sutilmente, isso mudou. Peach chega a ser forçada a um casamento, é salva, mas fica claro que não se entrega apenas por ter sido resgatada, rompendo o clichê da ‘donzela em perigo’, deixa Mario e Bowser para trás. É uma sequência aparentemente besta, mas cheia de significado.

No entanto, o mais legal de tudo vem depois, a loira sai para sua própria odisseia, conhece todos os reinos, retorna ao castelo e ainda ressalta a importância de conhecermos a realidade de pessoas diferentes. Mensagem profunda que pode ter passado batida pra muitos jogadores (veja no vídeo abaixo).

2. Zelda de Ocarina of Time e Breath of The Wild

Zelda Criança e Adulta em Ocarina of Time

Aquele que para muitos, inclusive o autor deste texto, é o melhor jogo de todos os tempos, tem a figura marcante da princesa Zelda. Em Ocarina of Time, Zelda faz jus ao Triforce da sabedoria, descobrindo os planos de Ganondorf ainda criança e, após a tomada ao poder deste, consegue simplesmente não ser notada por mais de sete anos, disfarçando-se de Sheik.

Mesmo recapturada, Zelda acaba por dar o golpe final em Ganon e liderando os outros seis sábios consegue aprisionar o vilão no ‘Sacred Realm’.

Em Breath of the Wild

Zelda em Breath of The Wild

Na mais recente aventura de Link e Zelda, o protagonismo da princesa fica ainda mais latente. Mesmo o jogador controlando o garoto, conforme as memórias de 100 anos atrás vão sendo recuperadas, é mostrado o quanto Zelda é a verdadeira protagonista da história. Para não dar muitos spoilers, vou me ater ao fato de que foi graças a ela que Link sobreviveu e foi colocado em sono profundo.

Vale destacar também a mudança nas vestimentas, sai o vestido e entra uma túnica azul, similar a Champions’ tunic do Link.

1. Samus (toda a franquia)

Crédito da imagem: DeviantArt

A principal protagonista feminina da Nintendo obviamente estaria na lista. Aqui não há como destacar o papel da heroína em um jogo especificamente. Os destaques da franquia ficam para Super Metroid (1994) e Metroid Prime (2002)  dois dos melhores jogos de todos os tempos, mas a força física e mental que Samus demonstra em todos os games é impressionante.

A loira é a única sobrevivente do Planeta K-2L, após o ataque dos Space Pirates. Ela é criada e treinada pela raça alienígena dos Chozo e ganha a famosa Power Suit (sua armadura) aos 14 anos de idade. Samus está envolvida no centro de discussões sobre machismo nos games, devido à podermos ver ela com cada vez menos roupa o quanto melhor jogarmos as campanhas dos primeiros games, ‘premiando’ o jogador.

Com a evolução nos gráficos dos games, Samus passou a aparecer mais vezes sem a Power Suit, porém geralmente em situações de contexto mais justificável. Seria uma evolução? Mulher alta, forte e treinada, Samus terá para sempre seus ‘atributos’, mas usá-los somente como troféu para os bons jogadores não ‘pega’ mais tão bem nos dias de hoje.

A curiosidade mais divertida pra mim será sempre o fato de que seu sobrenome, ‘Aran’, é em homenagem ao Pelé, ele mesmo, o rei do futebol. ‘Aran’ é uma redução de ‘Arantes’, de Edson Arantes do Nascimento (Pelé).

Fiquem à vontade para deixar nos comentários as suas personagens femininas mais marcantes em jogos Nintendo!

Deixe um comentário

1 Comentário em "Mês da mulher #2: As três ícones da Nintendo"

Ser notificado por
denis_timao
Amiibo

Nem vi o post kkk muito bom, vou postar as gurias que eu mais gosto da Big N.

1° Samus Aran – Metroid
2° Palutena – Kid Icarus
3° Zelda – The Legend of Zelda
4° Hilda – Pokémon
5° Lucina – Fire Emblem
6° Rosalina – Super Mario
7° Dixiei – Donkey Kong
8° Cynthia – Pokémon
9° Pauline – Super Mario
10° Peach – Super Mario