A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Nintendo Direct mini: expectativas vs frustrações

0

É inegável que antes mesmo do ano de 2017 terminar eu já estava ansioso por informações novas sobre quais jogos chegariam ao Switch ao longo de 2018, e acredito que esse sentimento deve ter acompanhado muitos de vocês. E a cada dia que avançávamos no mês de janeiro as expectativas e os rumores sobre o anúncio de um Nintendo Direct só aumentavam e, claro, as especulações também.

Não custa nada relembramos alguns fatos que só colaboraram para aumentar nossas expectativas com relação aos anúncios de início de ano. Os rumores sobre o famigerado “Direct de janeiro” começaram ainda em novembro de 2017, quando a Eletronic Arts por meio de um comunicado interno mencionou que o jogo Fe faria parte do tal “Direct de janeiro” da Nintendo.

No último dia de 2017 foi a vez da Amazon listar 18 novos jogos para o Switch acompanhados de uma imagem com a descrição “recém revelado no evento do Nintendo Switch”. Depois tivemos Emily Rogers – lembram dela e das incontáveis previsões que ela fez antes da revelação do Switch? – afirmando que o Direct iria ao ar no dia 11 de janeiro, e ela estava certa! E por fim, surgiu uma lista, aparentemente extraída dos sistemas da GameStop, em que aparecem 6 itens de estoque ainda não anunciados para o Switch.

 

Confesso que fiquei surpreso com esse Direct. Primeiro ele não foi anunciado antecipadamente como de costume e depois, ele recebeu o subtítulo mini. A minha expectativa era por um grande Direct, cobrindo alguns lançamentos chave para o ano de 2018, com anúncio de um ou dois jogos de “peso” como Super Smash Bros, Animal Crossing ou mesmo Pikmin 4. Esperava também por mais alguma informação sobre Metroid Prime 4, talvez um pequeno trailer. Novidades sobre novas funcionalidades para o sistema operacional, e claro, uma enxurrada de jogos indies e um ou outro port de jogos já disponíveis em outros sistemas.

Ok, Ok…mas o que temos por hora é isso, e certamente outros directs virão – talvez antes mesmo do que imaginemos – trazendo muitas novidades. Aliás, acredito que essa seja a primeira conclusão lógica que devemos tirar a partir do que foi apresentado, um direct mini com foco nos jogos que estarão disponíveis nos primeiros meses de 2018. O problema é que, muitas vezes, mantemos nossas expectativas nas alturas. Eu pelo menos sou assim, e, portanto, depois dá aquela ponta de frustração.

Bom, mas tivemos anúncios bem bacanas, destaco Mario Tenis Aces que parece muito promissor, Dark Souls: Remastered, o modo cooperativo para até quatro jogadores disponível em Kirby Star Allies me pareceu sensacional, sem contar que o jogo está bonito demais, foi legal também saber sobre os DLCs para Super Mario Odyssey, Mario + Rabbids Kingdom Battle e Pokkén Tournament DX. Destaque também para Ys VIII: Lacrimosa of DANA, caso você ainda não tenha assistido ao trailer veja ele logo abaixo, SNK Heroines Tag Team Frenzy, jogo de luta envolvendo heroínas da SNK e o remake de The World Ends with You.

 

Não tenho nada contra os ports, desde que eles venham intercalados entre outros lançamentos importantes, e convenhamos Donkey Kong Country Tropical Freeze é um jogaço e vai tirar proveito da crescente base de usuários do Switch. Já Hyrule Warriors: Definitive Edition não me empolgou muito, talvez por eu ter jogado exaustivamente a versão para Wii U.

Mas como ansiedade pouca é bobagem, mal a Nintendo anunciou essas novidades eu já fico imaginando quais serão as surpresas ainda não reveladas e que estão sendo preparadas para o Switch para este ano? Será que veremos o anúncio de um novo Super Smash Bros, Pikmin 4, Animal Crossing. Será que nesse ano GTA 5 e Red Dead Redemption darão as caras no console da Nintendo? Particularmente torço muito para que seja anunciado o retorno de alguma franquia mais antiga, como Wave Race, Luigi´s Mansion, F-Zero ou mesmo Diddy Kong Racing. O anúncio da chegada de uma nova versão de qualquer um desses jogos me deixaria muito animado! E vocês, qual foi o sentimento depois dessa direct mini, frustração ou empolgação?

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Ser notificado por