A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Pokemon Brilliant Diamond na Nuuvem

Pokemon Shining Pearl na Nuuvem

Nintendo emite comunicado interno sobre situação “angustiante e perturbadora” dos reportes sobre a Activision Blizzard

O presidente da Nintendo of America Doug Bowser comentou em e-mail sobre o caso.

Durante a semana passada, uma reportagem alarmante veiculada pelo The Wall Street Journal trouxe à tona detalhes sobre como o CEO da Activision Blizzard Bobby Kotick não só interviu para proteger os abusadores presentes na empresa como supostamente agia em conjunto. Isso levou diversos veículos da imprensa, assim como seus investidores e equipe executiva a exigir sua renúncia.

Também fez com que parceiros de longa data da Activison — proprietários da plataforma PlayStation (Sony) e Xbox (Microsoft) — também enviassem mensagens internas aos funcionários expressando preocupação com o comportamento de Kotick e os processos de assédio em curso contra a Activision. Embora ambos os e-mails tenham vazado para o público, nenhuma resposta da Nintendo havia sido vazada até agora, até o periódico Fanbyte receber o comunicado interno da empresa de uma fonte verificada.

Um e-mail enviado pelo presidente da Nintendo of America, Doug Bowser, na sexta-feira, 19 de novembro, aborda o relatório da Activision-Blizzard. O e-mail foi enviado para todos os níveis da Nintendo of America, incluindo estúdios de desenvolvimento interno como a Retro Studios e a recém-adquirida Next-Level Games.

“Junto com todos vocês, tenho acompanhado os últimos desenvolvimentos com a Activision Blizzard e os relatórios contínuos de assédio sexual e toxicidade na empresa”, Bowser começa. “Acho esses relatos angustiantes e perturbadores. Eles vão contra meus valores, bem como as crenças, valores e políticas da Nintendo.”

Bowser continua na carta explicando que a Nintendo está comprometida em ter um local de trabalho aberto e inclusivo, onde todos são bem-vindos. Ele comenta que a empresa segue esse padrão e espera o mesmo da indústria e de seus parceiros.

Embora sem detalhes, Bowser também diz que os representantes da Nintendo estiveram “em contato com a Activision, tomaram medidas e estão avaliando outras”. Não está totalmente claro a quais ações Bowser está se referindo aqui ou quais eles ainda estão deixando sobre a mesa.

Ele, no entanto, menciona a ESA: uma organização de lobby da qual a Nintendo e a Activision-Blizzard são membros. Bowser diz que a Nintendo tem trabalhado com a ESA pelo menos desde a semana passada para fortalecer as posições sobre assédio e abuso no local de trabalho e que a ESA deve manter seus membros no mais alto padrão.

Cada empresa do setor deve criar um ambiente onde todos sejam respeitados e tratados como iguais e onde todos entendam as consequências de não agir assim.

A companhia quando questionada sobre a veracidade das informações confirma que de fato todo o reporte do site Fanbytesobre o comunicado interno é verídico.

Comentários