A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Nintendo não está interessada em monetização pesada nos jogos mobile; The Pokémon Company está “mais disposta” à isso

Em pouco tempo, a Nintendo irá publicar dois jogos de franquias grandes para dispositivos móveis. Dispositivos com iOS e Android terão nesta semana, em 29 de agosto, o lançamento de Pokémon Masters enquanto em 25 setembro, é a vez de Mario Kart Tour aterrissar nos smartphones.

Ambos são jogos com início gratuito que contam com a possibilidade de compra avulsa de power-ups, cosméticos e itens relacionados. Mas mesmo sob desenvolvimento feito pela mesma empresa — a DeNA — a receita gerada pode ser bem distinta entre ambos.

Takashi Mochizuki, do The Wall Street Journal, fez comentários interessantes hoje sobre a linha de raciocínio quando à esse modelo de negócios mobile do ponto de vista de ambas Nintendo e The Pokémon Company. Takachi disse que a “A “Nintendo não gosta da ideia de jogadores gastando em compras no jogo e não está interessada em ganhar muito dinheiro com um único jogo para smartphones”. Isso vai de acordo com “pessoas familiarizadas com a estratégia da empresa japonesa”. Por outro lado, a The Pokemon Company está “mais disposta a ganhar dinheiro com os negócios”.

Dessa perspectiva, a companhia espera que Mario Kart Tour gere menos receita que Pokémon Masters.

Comentários