A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Reggie comenta sobre os erros da era Wii U e como o sistema influenciou a chegada do Switch

5

Durante a edição 2018 da GeekWire Summit em Seattle, Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo of America, concedeu uma breve entrevista falando sobre alguns pontos envolvendo a chegada do Wii U e a influência da plataforma para o desenvolvimento do Nintendo Switch.

Em meio a fracassos coletados durante a geração passada, a Nintendo viu caminhos serem abertos para o lançamento do seu primeiro console híbrido:

Nós lançamos o Wii U, seguindo os passos do Wii, que vendeu 100 milhões de unidades em todo o mundo. O Wii U não teve o mesmo nível de sucesso. Porém, o que nós ouvimos dos consumidores sobre a proposta de um tablet no qual eles pudessem experimentar a jogabilidade, juntamente com a capacidade de jogar jogos na tela grande de uma TV, foi algo realmente convincente.

Reggie comentou que o Wii U não era necessariamente um “teste beta” para o Nintendo Switch. No entanto, a ideia foi essencial para levar ao que eventualmente se materializaria com o Switch.

Sem as nossas experiências com o Wii U, não teríamos o Nintendo Switch em termos do que aprendemos e, mais importante, do que ouvimos dos nossos consumidores. Eles estavam nos dizendo: ‘eu quero jogar com este tablet, com este GamePad para Wii U, mas sempre que eu fico a mais de 10 metros de distância, ele se desconecta’. Então, o conceito central, algo que você poderia levar para qualquer lugar e a qualquer hora, foi realmente atraente.

Mais tarde, durante palestra, Reggie sobre a necessidade de mudanças diante do fracasso do Wii U. Ele disse que a reinvenção está “em nosso DNA”:

Nós nos reinventamos a cada cinco, dez anos. Nós temos que fazer isso. Quando estamos indo bem, não podemos ficar empolgados por conta de um bom desempenho. Quando estamos indo mal, não podemos ficar tristes. Sempre temos que ter um equilíbrio e nos concentrarmos para a próxima grande aventura. E é isso que fazemos.

Fonte Geekwire Nintendo Everything

Deixe um comentário

5 Comentários em "Reggie comenta sobre os erros da era Wii U e como o sistema influenciou a chegada do Switch"

Ser notificado por
FujiroNakombi
Amiibo

“Eu quero jogar com este tablet, com este GamePad para Wii U, mas sempre que eu fico a mais de 10 metros de distância, ele se desconecta” rofl rofl rofl

Moonie
Amiibo

Querendo ou não, o Switch não seria o que é hoje se não fosse o Wii U, até mesmo o conceito ”On The Go” é meio que uma evolução do ”Off-Play TV” do Wii U, é bom ver uma empresa aprendendo com os erros para criar coisas novas e ainda melhores.

WallaceMK
Amiibo

Não é à toa que depois do Wii U, a Sony acabou adotando o “Off-Play TV” com o PS Vita, mas que não funcionava tão bem foi exigia conexão estável na internet e não um recurso de retransmissão como era entre o Wii U e Gamepad

Morato
Amiibo

Não era e não é necessário conexão com a internet para utilizar a Função Remote Play PS4/PSVita quando próximo do PS4. Funciona exatamente como Wii U e o GamePad ambos precisam apenas utilizar os mesmos dados de usuário e funciona muito bem diga-se de passagem. Joguei Alien Isolation quase todo em modo Off tv. AGORA para um VERDADEIRO remote Play com o PS4 com quilómetros de distância de vc, sim precisa de uma internet Poderosa tanto em casa quanto onde vc estiver com o seu PS Vita (Não tem como no Brasil)

WallaceMK
Amiibo

Eu achava isso pq às vezes dava uma travada e é desconectava.