A casa de notícias para os fãs da Nintendo

SEGA detalha projeto “Super Game” – Múltiplos jogos de larga escala em produção, lançamento simultâneo e em diversos idiomas

Iniciativa une diversas divisões da corporação em prol de vários jogos AAA.

A SEGA divulgou recentemente em seu site uma entrevista com o vice-presidente Shuji Utsumi, o produtor Masayoshi Kikuchi e o gerente geral Katsuya Hisai para trazer mais  detalhes sobre o conceito de “Super Games” e o que o público pode esperar da companhia nos próximos anos.

Com iniciativa a partir de 2019, o conceito de “Super Game” envolve fortalecer os valores das Propriedades Intelectuais (IPs) da companhia, tanto de franquias clássicas quando de projetos inéditos que venham aparecer futuramente.

Múltiplos jogos já estão sendo produzidos dentro dessa estrutura “Super Game” e a ideia é criar títulos que vão além da estrutura convencional, por exemplo, criando novos entretenimentos focando na relação entre os jogadores e o público que os assiste jogar.

São necessários quatro pontos para que um título seja classificado como “Super Game”, sendo eles: títulos multiplataforma, suporte múltiplos aos vários idiomas em escala global, lançamento mundial simultâneo e escala “AAA” (jogos de grande porte e investimento financeiro) — basicamente, são jogos que a empresa pretenda torná-los blockbusters globais.

Cerca de 50 desenvolvedores foram envolvidos na etapa inicial do projeto com expectativa de que isso seja expandido nos próximos anos para centenas de colaboradores da SEGA Corporation. Além disso, as equipes são compostas por produtores de várias divisões da companhia, como de consoles, mercado mobile e arcade, combinando-os para uma experiência ainda maior na estruturação dos novos projetos.

Novas tecnologias externas estão sendo incluídas, como por exemplo, a parceria com a Microsoft para o uso da Azure como ambiente de desenvolvimento. Além disso, a SEGA está promovendo parcerias com diversas empresas para incorporar suas tecnologias em seus jogos.

A Unreal Engine 5 está sendo usado para desenvolvimento e a SEGA também está colaborando com empresas iniciantes que trabalham no campo da tecnologia de IA, tanto no trabalho de back-end, o de depuração, quanto no trabalho de front-end, como controle de câmera no jogo, comentários ao vivo e automação na síntese de voz.

Os desenvolvedores também estão trabalhando na construção de um fluxo de desenvolvimento que gera automaticamente objetos em Houdini, ou uma tecnologia que cria CGI a partir de padrões de roupas.

Via Twinfinite
você pode gostar também
Comentários