A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Switch-Talk #05 – Pokémon Sword & Shield e a empolgação com a oitava geração de monstrinhos

Olá amiibos, mais um fim de semana e um novo Switch-Talk saindo do forno!

O assunto da semana é bem óbvio, afinal de contas, chegamos ao tão esperado dia em que Nintendo, Game Freak e The Pokémon Company revelaram para o mundo como será a oitava geração dos monstrinhos de bolso mais amados pelos seus fãs.

Com a expectativa jogada para as nuvens após as companhias confirmarem a transmissão do Direct para a última terça, 27 de fevereiro, confesso que não sabia nem o que esperar mais do que poderia ser anunciado… então fiquei feliz com muitos aspectos abordados pela nova geração, porém triste em outros pontos — isso de qualquer maneira não me tirou a expectativa de compra no primeiro dia de pré-venda.

Pokémon SwordPokémon Shield foram revelados e a então aguardada região de Galar se mostrou muito mais detalhada que as regiões anteriores, mesmo assim gerando comparação com aquilo que Pokémon SunMoonUltra SunUltra Moon haviam apresentado na era do Nintendo 3DS. Para ser bem sincero com vocês leitores, eu tomei o mesmo choque enquanto acompanhava a transmissão com meu amigo Marcos do Canal do Camaleão, mas ao rever várias e várias vezes o trailer e observar melhor as imagens compartilhadas pelas companhias eu reavaliei minha primeira impressão e considero essa comparação boba.

Veja bem, assim como a Nintendo faz com sua geração de consoles, a The Pokémon Company / Game Freak tem o costume de seguir com sua engine em seu próprio caminho. Acho que elevar as expectativas com gráficos e desempenho quando estamos falando de Pokémon é ignorar o fato de que a companhia só nos deu um jogo de RPG principal de Pokémon em 3D em 2013!! Imagina que Pokémon RGB foi lançado em 1992… olha o tempo que levou para que ela se rendesse à “tecnologia”?!

Passado esse baque da geração “queria um The Legend of Pokémon: Breath of the Sword & Shield“, resolvi dar aquela viajada pelo mapa que nos leva mais uma vez à Europa e eu fiquei encantado com as possibilidades apresentadas em algumas imagens que demonstram o quão lindo pode ser se aventurar por Galar. De zonas rurais vastas à cidades com arranha-céus, não tem como não babar sabendo que que o gostinho de novo no sentido de exploração está batendo em nossa porta. O enigma dos ginásios (ou estádios) e sua temática com esportes está deixando tudo quanto é fã especulando mais que o mercado de ações nas bolsas de valores internacionais.

Isso aqui está ficando grande, sejamos breve Felipe!

Enfim, nova região, novos Pokémon e uma temática europeia que permanece um mistério até o momento. O que posso dizer é que meu “hype” continua firme e forte, aguardando por novidades mensais, semanais e tudo mais (ora de voltar à prestar atenção nas CoroCoros da vida). Cada Pokémon inicial revelado — GrookeyScorbunny Sobble — possui seus aspectos que devem levar a dúvida à muitos treinadores prestes a viajar para Galar. Contudo já escolhi Sobble como meu companheirinho, é muito fofo!

Agora, o que me resta é ficar esperando até o fim do ano…


 Mas e quanto à você leitor(a), como estão suas expectativas
para Pokémon SwordPokémon Shield?

Fique à vontade para opinar nos comentários!

Comentários