A casa de notícias para os fãs da Nintendo

Visual novel de romance, D.C.4: Da Capo 4 é anunciado para o Switch

Desenvolvido pela Circus, a visual novel de romance D.C.4: Da Capo 4 ganhará versões para o Nintendo Switch e PlayStation 4 no Japão através da distribuidora Entergram em 19 de dezembro. A revelação veio por meio de listagem em redes de lojas japonesas famosas como a Rakuten e Yodobashi.

Além da edição padrão que terá um preço estipulado em ¥9.072, uma edição limitada de ¥11.880 incluindo uma tapeçaria ilustrada em tamanho B2, um cartão mini contendo uma mensagem e um novo CD também está nos planos.

Mais que apenas um port, a versão para consoles de D.C.4: Da Capo 4  incluirá um epílogo inédito adicional com cenas contendo todas as heroínas escrito pela equipe de desenvolvimento original.

Confira uma visão geral do jogo a seguir, via VNDB:

sobre o jogo

Aqueles que vivem na ilha de Kagamijima estão acostumados com a visão da “grande flor de cerejeira que flutua no céu” nascendo no meio do lago Mikagami. Tal cenário bonito tinha sido o único empate para a ilha, mas ultimamente um novo ponto turístico nasceu com a abertura de um parque temático baseado no País das Maravilhas. A personagem principal e humanóide AI Alice encanta a todos com seu belíssimo sorriso, enquanto fadas artificiais dançam ao redor da ilha como vaga-lumes.

Ichito, um jovem com uma habilidade incompleta de conto de fadas.

Nino, sua irmã mais nova travessa que não mostra seu verdadeiro lado a ninguém.

Sorane, sua vizinha que ama muito os irmãos e os ajuda o tempo todo.

Hiyori, seu colega de classe que tem um histórico surpreendentemente bom em ajudar as pessoas a se apaixonarem.

Shiina, uma estudante de transferência taciturna com uma língua afiada.

Suginami, seu amigo que está sempre ciente dos últimos mistérios.

Então havia Arisu, um “ojousama” com o mesmo nome do protagonista do País das Maravilhas.

À medida que as pétalas de sakura vibram e as fadas artificiais dançam, uma tenra história de amor começa na ilha mais próxima do céu.

Via Gematsu
Comentários